Aduferpe não aceita medida irresponsável do MEC

Diante das medidas preventivas necessárias ao controle da Covid19 no Brasil, instituições de ensino suspenderam – ou suspenderão – suas atividades.

Extemporaneamente, o Ministério da Educação apresenta, agora, como alternativa, a substituição das atividades presenciais por atividades à distância.

A proposta, além de demostrar  desconhecimento da Educação à Distância, que exige mais do que simples recursos técnicos, reflete o descompromisso do atual governo com a educação e, especialmente, com a universidade pública, instituição que o ministro pouco conhece e, evidentemente, não respeita.

Entendemos que a alternativa apresentada é inócua e inoperável e reiteramos nossa reivindicação de revogação de EC 95 e de garantia de recursos para saúde, educação e ciência públicas, pelo bem de todo povo brasileiro, mantendo a suspensão das atividades e do calendário acadêmico até quando gestores e autoridades sanitárias julgarem necessário.

Posted On 19 mar 2020