Convida para 4ª Reunião Ordinária do Conselho Representantes Biênio 2017-2019.

CONVITE

 A ADUFERPE convida todos e todas associado/as para 4ª Reunião Ordinária do Conselho de Representantes biênio 2017-2019, a se realizar dia 22 de julho, às 9h. Na sede da Aduferpe.

A reunião do Conselho de Representantes da Aduferpe é presidida e secretariada por conselheiros eleitos em cada ocasião e a pauta é definida pelo próprio Conselho, a partir de pauta sugerida pela Diretoria (ver a seguir). Os encontros são abertos a todas pessoas interessadas, que têm direito a voz.

URGENTE!

A Aduferpe faz ampla convocação para 4ª Reunião do CE. Vamos nos unir para discutir o Future-se, ou se achar melhor Fature-se, proposta de privatização do ensino superior público do governo Bolsonaro.

O momento é GRAVE e precisamos nos unir, comunidade acadêmica e sociedade, para barrar este plano de privatização.

Posted On 18 jul 2019

Manifesto de Alerta em Defesa do Ensino Superior Público e Gratuito

Docentes que participam do 64º Conad do ANDES-SN acabam de aprovar o “Manifesto de Alerta em Defesa do Ensino Superior Público e Gratuito”. O documento será distribuído para as bases do Sindicato Nacional para que a categoria siga mobilizada e forte frente aos ataques à educação. Confira o documento na íntegra.

Acesse o link baixo e veja o manifesto:

MANIFESTO DE ALERTA EM DEFESA DO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO E GRATUITO

Posted On 15 jul 2019

Funcionamento da Aduferpe em Horário Especial

PERÍODO DE 2019

    EXPEDIENTE

10/07 a 19/07

    8 às 12h – 14 às 18h

22/07 a 09/08

    8 às 13h

EXCEÇÕES:

Terças-feiras (plantão jurídico)

    8 às 12h – 14 às 17h

16/07

 

    Sem expediente/ feriado Nossa Srª Carmo

Posted On 12 jul 2019

Confira os deputados de Pernambuco que votaram a favor e contra a reforma da previdência

Esses senhores votaram contra os trabalhadores e as trabalhadoras. Querem acabar com nossa aposentadoria e vão encher os bolsos com o dinheiro das emendas parlamentares de Bolsonaro, o velho toma-lá-dá-cá. Foram liberados mais de R$ 2,5 bilhões em emendas. Depois, eles vão querer os nossos votos… Mas a gente não vai esquecer!

Assim como não vamos esquecer dos parlamentares que votaram em favor dos/as trabalhadores/as dizendo NÃO a essa famigerada reforma.

 

Posted On 12 jul 2019

DIGA NÃO AO FIM DA SUA APOSENTADORIA

Click  aqui e faça pressão https://napressao.org.br/querem-o-fim-da-sua-aposentadoria#top

Link tem acesso a tod@s os/as deputados/as com mensagens pelo whatsApp, twitter, facebook e e-mail.

Posted On 09 jul 2019

Retrocesso no país intensifica com a aprovação da reforma da previdência na Comissão Especial

A Comissão Especial da Reforma da Previdência aprovou na tarde desta quinta-feira (4), por 36 votos a 13, o texto do relator do projeto na Câmara dos Deputados, Samuel Moreira (PSDB/SP). Ainda haverá a votação dos destaques de bancada na Comissão, o que pode mudar a redação final.

Em seguida, o projeto segue para votação no plenário da Câmara dos Deputados, em dois turnos. Confira neste vídeo do portal Brasil de Fato os deputados traidores dos/as trabalhadores/as, que votaram pelo fim da sua aposentadoria na Comissão Especial. De Pernambuco votaram a favor da reforma Sílvio Costa Filho e Fernando Rodolfo. E em favor dos trabalhadores brasileiros, o deputado de Pernambuco Carlos Veras, que disse NÃO à reforma.

Posted On 05 jul 2019

Docentes das universidades estaduais do Paraná aderem à greve

Servidores públicos estaduais do Paraná estão em greve por tempo indeterminado. Além da reposição salarial, os docentes que aderiram à greve reivindicam autonomia universitária e o arquivamento da Minuta da Lei Geral das Universidades Estaduais do Estado do Paraná (LGU) e do PLC 04/2019 – Lei de Eficiência da Gestão do Estado. O movimento grevista também cobra a realização de novos concursos públicos e a nomeação dos candidatos já aprovados em certames anteriores.

Docentes das universidades estaduais de Ponta Grossa (Uepg) e de Maringá (Uem) aprovaram nesta quarta-feira (26) a adesão ao movimento paredista. Os docentes da Estadual do Paraná (Unespar), do campus de Apucarana, estão em greve desde quinta-feira (27). Os professores da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) definiram que vão paralisar as atividades a partir de 1º de julho. Já a universidade estadual de Londrina (Uel) mantêm o indicativo de greve e vão realizar assembleia na próxima terça-feira , 2 de julho. Já os docentes da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) aprovaram indicativo de greve para 22 de julho quando retornam das férias, pois vão encerrar o ano letivo neste sábado (29).

Para a 1ª vice-presidente da Regional Sul do Sindicato dos Docentes de Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN), Silvana Heidemann Rocha, o movimento grevista está unificado em diversas áreas, além da educação. “Essa é uma greve construída de forma unificada por diferentes categorias dos servidores públicos estaduais do Paraná, tanto do Executivo quanto do Judiciário. No caso do Executivo, por exemplo, são servidores da saúde, da agricultura e da educação. No caso do Judiciário, são agentes penitenciários, polícia militar e polícia civil”, explica Silvana.

Perdas salariais

Estudos orçamentários do Fórum das Entidades Sindicais (FES), com base em relatórios oficiais divulgados pela Secretaria da Fazenda, apontam que o governador Ratinho Junior tem condições de atender as reivindicações dos servidores sem qualquer risco para a saúde financeira do estado. De acordo com o FES, os servidores estão deixando de receber o equivalente a dois meses de salário por ano.

O Fórum destaca ainda que o gasto com pessoal é o menor dos últimos 10 anos. Em março deste ano, a assessoria de imprensa do governo do Paraná divulgou que o estado lidera o ranking nacional de saúde financeira. Em 2018, a arrecadação com impostos foi de R$ 2,2 bilhões a mais do que o previsto pelo executivo local.

*Com informações das Seções Sindicais, FES e Terra sem males

Posted On 02 jul 2019

ANDES-SN divulga caderno de textos do 64º Conad

A Secretaria-Geral do ANDES-SN divulgou, através da circular 223/19, o Caderno de Textos do 64º Conad. O material servirá para embasar os debates e deliberações do evento, que terá a temática “Em defesa da educação pública, dos direitos sociais e das liberdades democráticas”. O prazo para envio de contribuições ao Anexo do Caderno de Textos será encerrado no próximo domingo (23).

Até lá, as contribuições ao material podem ser encaminhadas para o e-mail secretaria@andes.org.br
O 64º Conad acontecerá capital federal, entre os dias 11 e 14 de julho, na Associação dos Docentes da UnB (AdUnB – Seção Sindical do ANDES-SN). Durante a iniciativa os docentes atualizarão os planos de lutas gerais e dos setores do ANDES-SN, aprovados durante o 38º Congresso do Sindicato, realizado no início deste ano, em Belém do Pará.

Os recentes ataques à Educação Pública, como o corte no orçamento nas instituições federais de ensino públicas e o teor do projeto “Escola Sem Partido” estarão na pauta dos debates. Durante a realização do Conad também serão debatidos e deliberados assuntos relacionados às contas da instituição.

Confira aqui o caderno de textos do 64º Conad

Credenciamento prévio

O credenciamento prévio poderá ser realizado até dia 4 de julho também por e-mail. As informações sobre a documentação para credenciamento estão na Circular nº 184/19.

Serviço -64º Conad do ANDES-SN
Tema: “Em defesa da educação pública, dos direitos sociais e das liberdades democráticas”
Data: 11 a 14 de julho de 2019
Local: Associação dos Docentes da Universidade de Brasília (Adunb SSind.)
Endereço: Campus Universitário Darcy Ribeiro, gleba A, Casa do Professor – Brasília/DF

Confira as circulares referentes ao 64º Conad

Circular nº 248/19 – Anexo ao Caderno de Textos do 64º CONAD  – (ANEXO1)
Circular nº 247/19 – Orienta sobre o uso obrigatório de crachá durante o 64º CONAD
Circular nº 236/19 – Circular nº 236/19 – Espaço de Convivência do 64º CONAD
Circular nº 234/19 – Orientações sobre o credenciamento do(a)s jornalistas que atuarão na cobertura do 64º CONAD
Circular nº 223/19 – Envia o Caderno de Textos do 64º Conad 
Circular nº 201/19 – Envio de jornalistas para o 64º Conad 
Circular nº 200/19 – Impressão de cartaz do 64º Conad 
Circular nº 199/19 – Cartaz do 64º Conad
Circular nº 198/19 – Errata da circular nº 125/19 que convoca o Conad
Circular nº 191/19 – Impressão do Caderno e do Anexo ao Caderno de Textos do 64º Conad
Circular nº 190/19 – Acessibilidade no 64º Conad
Circular nº 189/19 – Local e opções de hospedagem do 64º Conad 
Circular nº 184/19 – Credenciamento para o 64º Conad 
Circular nº 130/19 – Comissão Organizadora do 64º Conad
Circular nº 125/19 – Convoca o Conad (esta circular foi corrigida pela circular nº 198/19)

Posted On 01 jul 2019

Presidenta da Aduferpe fala sobre Retrocessos na Educação em mesa de debates do Brasil 247

O portal Brasil 247 realizará dia de debate para os seus assinantes, neste sábado (29), a partir das 9h30, no Centro de Convenções. “O  247 e o Nosso Papel no Momento” será o tema de abertura.

Além dos Retrocessos na Educação, serão discutidos temas como: Resistência ao Fascismo pelo Legislativo, Manipulação da Notícia pela Imprensa e o Papel da Mídia Independente, o Governo Bolsonaro e o Papel do Congresso, o Estado de Exceção e o Direito a Resistência, entre outros.

Também serão debatedores do evento os professores da UFPE, Michel Zaidan e Liana Cirne, o senador Humberto Costa, os jornalistas Luís Costa Pinto, Inácio França e Gilvandro Filho, entre outros nomes que farão um grande painel sobre a atual conjuntura brasileira.

#brasil #governobolsonaro #retrocesso #brasil247 #aduferpe #ufrpe

Posted On 28 jun 2019

Depois da Greve Geral, pressão contra a Reforma da Previdência continua

O governo Bolsonaro chegou à metade do primeiro ano do seu mandato com forte rejeição popular e a classe trabalhadora demonstrando sua força na vitoriosa Greve Geral realizada no dia 14 de junho. A juventude e os trabalhadores já demonstraram que não aceitarão os ataques que o governo tenta impor contra toda população. A Greve Geral e as mobilizações contra os cortes na educação e a Reforma da Previdência, já apontaram esse caminho.

Essa semana, a ADUFERPE entregou às Centrais Sindicais a primeira parte do abaixo-assinado coletado nos últimos meses, com quase 2 mil assinaturas e uma receptividade muito boa da comunidade acadêmica e sociedade. Agora seguiremos em luta, coletando mais assinaturas e dialogando com a população, fortalecendo a luta contra a Reforma da Previdência. Não aceitaremos que retirem nosso direito de se aposentar com dignidade.

Posted On 26 jun 2019