Criada a Frente Pernambucana Contra a Reforma da Previdência

Em reunião no Sindifisco, nesta quarta (13), o Fórum Pernambucano de Servidores Públicos (Fopespe), que reúne vários sindicatos e associações de funcionários, deliberou pela criação da Frente Pernambucana Contra a Reforma da Previdência. Uma das primeiras medidas da Frente será a realização de uma campanha de comunicação para denunciar todos os ataques à seguridade social  gestados pela equipe  econômica do desgoverno Bolsonaro.

As lideranças presentes reafirmaram a  rejeição à proposta de reforma, que, ao contrário do que o governo federal apregoa, só aumentaria, se aprovada, a desigualdade social e a precariedade do trabalho.  Além disso,  enfraquece a economia dos municípios e  coloca em xeque o princípio de solidariedade na previdência e sua própria existência.

Também foram encaminhadas as próximas ações junto a parlamentares, bases sindicais e população em geral.

“Cabe ao Congresso Nacional cumprir seu papel de representante do povo, rechaçando o pacote de maldades que transfere para trabalhadores e trabalhadoras a responsabilidade pelo ajuste de contas públicas e pela remuneração do capital financeiro”, destaca a professora Isabelle Meunier, vice-presidenta da Aduferpe.

A Aduferpe  participa do Fórum e entende que todas as ações de mobilização e articulação são importantes e destaca o Dia de Luta Contra a Reforma da Previdência, no próximo dia 22 de março. O Fopespe é formado por entidades como Anfip, Aduferpe, Adufepe, AMPPE, Sindifisco- PE, Simpere, Sindsep, SinPRF-PE, Sindsifpe, Sidsaaf, entre outras.

 

Fotos: Divulgação/Fopespe

 

#reformadaprevidencia #retrocesso #bolsonaro #aduferpe #fopespe #aponsentadoria #servidorpublico

Sobre o autor

Deixe seu recado