Gestão Renova Aduferpe apresenta balanço de um ano

    A direção da Aduferpe apresentou, no dia 22 deste mês, o balanço sintético de um ano da gestão Renova Aduferpe, na sede da entidade, com a participação de representantes de vários departamentos. Na ocasião, também foi celebrado o Dia Nacional da Consciência Negra. Os dados foram sistematizados a partir de quatro eixos: política sindical, finanças e infraestrutura, comunicação e relação da entidade com os seus filiados, que reuniu as áreas de atendimento, serviços e o setor jurídico.

    De acordo com os números apresentados, a gestão conseguiu filiar 75 docentes. Segundo a presidenta da entidade, professora Erika Suruagy, para conseguir o aumento considerável de sindicalizados foi realizada uma Campanha de Sindicalização, iniciada em abril deste ano. “O efeito Bolsonaro também está contribuindo para nos unirmos em defesa dos nossos direitos”, salientou, pois ocorreram 18 novas filiações após a recente eleição presidencial.

    A vice-presidenta da entidade, professora Isabelle Meunier, fez o balanço das reuniões do Conselho de Representantes e da participação da gestão em reunioes do Setor das Ifes do Andes – SN, entre outros fóruns. O professor Tarcísio Augusto, tesoureiro da Aduferpe, apresentou o quadro das finanças, que registraram um aumento na arrecadação de 6,72% até o último balanço fechado, em outubro.

    O balanço da área de comunicação foi realizado pelo secretário Geral da Aduferpe, professor Hélcio Batista, que apresentou as campanhas realizadas, a exemplo da Campanha de Sindicalização e do Direito à Progressão. Ainda foram apresentados os resultados obtidos com as postagens nas redes sociais e outros instrumentos de comunicação com a base, como os informativos, boletins e site. Outra ação ressaltada foi o curso “O Golpe de 2016 e o Futuro da Democracia no Brasil”, em parceria com o Departamento de Ciências Sociais (Deciso).

    Após as apresentações, @s docentes deram opiniões e sugestões para a melhoria. No final do encontro foi servido um lanche e o Maracatu Real da Várzea fez a comunidade acadêmica balançar em clima de Ubuntu.

     

     

    Aduferpe
    Sobre o autor
    Criador de conteúdo, responsável por divulgar notícias e informações de utilidade pública ao servidores da instituição de ensino UFRPE.

    Deixe seu recado