Livro sobre Epidemiologia Histórico-Ontológica da Febre Amarela será lançado dia 3 na Aduferpe

No próximo dia 3 de abril, o professor Argus Vasconcelos de Almeida, titular do Departamento de Biologia da UFRPE, estará lançando o livro A Epidemiologia Histórico-Ontológica da Febre Amarela em Pernambuco, a partir das 16h, no auditório da Aduferpe.

Segundo o autor, o trabalho aborda, historicamente, dois surtos epidêmicos da febre amarela em Pernambuco. O primeiro no final do século XVII e o segundo em meados do século XIX, sob um referencial teórico fundamentado em Marx e Lukács, adotando-se uma epidemiologia histórico-ontológica. “Isto é, considera-se que o ser social é uma totalidade formada de partes que se articulam, cuja matriz fundante é o trabalho”, explica Argus Vasconcelos.

“Por isso, busca-se, ao mesmo tempo, a gênese histórica, mas também os fundamentos para entender onde e como e por que surgiram os surtos de febre amarela, como fruto de um processo, ao mesmo tempo, biológico e social, analisando-se o contexto da luta de classes entre dominantes e dominados e suas determinações históricas ao longo dos séculos XVII, XVIII e XIX”, destaca o autor da obra.

Sobre o autor

Deixe seu recado