Direção e filiados/as da Aduferpe nas ruas pela democracia neste 1º de Maio

A Diretoria da Aduferpe e muitos/as filiados/as ajudaram a construir o 1º de Maio – Dia do Trabalhador e da Trabalhadora – mostrando a força da unidade para exigir nenhum direito a menos e Lula livre.

O ato público desta terça-feira (1), na Praça do Derby, defendeu as bandeiras de luta do povo brasileiro pela revogação da Reforma Trabalhista, da Emenda Constitucional Nº 95/2016, contra a destruição da previdência pública, pela soberania nacional, democracia e liberdade.

O 1º de Maio envolveu sindicatos ligados às maiores centrais sindicais do país, partidos progressistas, as Frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular e os movimentos populares e sociais com o MST e a Tenda da Fé.

‘Acreditamos que conduzir o sindicato pela base não pode ser um conceito abstrato, mas uma prática vivenciada no dia a dia e, por isso, cumprimos, aqui e em Curitiba, com a valorosa participação do professor Paulo Afonso, as deliberações da assembleia geral realizada em 26 de abril’, ressalta a vice-presidenta da Aduferpe, Isabelle Meunier.

Ela ainda destaca que a luta por Lula livre parte da compreensão de que a ‘sua prisão tem caráter político e atenta contra nós, trabalhadores e trabalhadoras, que estamos juntos à nossa base nesta luta’.

Em defesa dos nossos direitos e conquistas!

#LulaLivre

#NenhumDireitoaMenos