Duas chapas são homologadas para concorrer à eleição da Diretoria do ANDES-SN

Nos dias 12 e 13 de maio, docentes sindicalizados ao ANDES-SN irão às urnas para eleger a nova diretoria do Sindicato Nacional, que estará à frente da entidade no biênio 2020-2022. Duas chapas foram homologadas pela Comissão Eleitoral Central (CEC) no dia 12 de março e concorrem ao pleito: “Chapa 1 – Unidade para Lutar” e “Chapa 2 – Renova ANDES”. Confira a Circular 001/2020 da CEC com as nominatas das duas duas chapas.

Apenas os docentes sindicalizados até 12 de fevereiro de 2020 e que estiverem em dia com suas contribuições até 13 de março de 2020 podem votar. A CEC irá divulgar a composição do eleitorado no dia 12 de abril.

As seções sindicais têm até o dia 27 de abril para formar suas Comissões Eleitorais Locais (CEL), compostas por um representante da diretoria da seção sindical e por um ou dois membros de cada uma das chapas, tendo três ou cinco integrantes. Caso as seções sindicais não formem suas Comissões Locais, as secretarias regionais do ANDES-SN poderão fazê-lo, assegurando o direito ao exercício democrático do voto por parte de todos os sindicalizados.

As CEL deverão definir e organizar as seções eleitorais até o dia 5 de maio e realizarão a apuração dos votos no dia 14 de maio, em cada uma das seções sindicais e nas secretarias regionais onde houver votação. A computação dos resultados parciais pela CEC se dará a partir das 8 horas do dia 16 de maio, na sede do ANDES-SN, em Brasília (DF). O resultado oficial será promulgado no dia 18 de maio de 2020.

A posse da nova diretoria eleita ocorrerá em Vitória da Conquista (BA), durante o 65º CONAD.

É importante que as seções sindicais e os docentes acompanhem os prazos e estejam atentos às informações que serão veiculadas nos canais do Sindicato Nacional.

Confira aqui a Comissão Eleitoral Central e o Regimento Eleitoral.