Mais de 90 moções de apoio Aduferpe e Erika

A Aduferpe e a professora Erika Suruagy, vice-presidenta da entidade, receberam mais de 90 moções e notas de apoio, solidariedade e repúdio contra a ação do presidente Jair Messias Bolsonaro. Como se sabe, a Polícia Federal convocou a professora da UFRPE, à pedido do presidente da República, para prestar depoimento na Polícia Federal sobre outdoor que denunciava, em agosto de 2020, as mais de 120 mil mortes por COVID-19, no Brasil.

Hoje temos quase 300 mil vidas perdidas, com recordes mundiais diários em mortes por Covid-19. Mesmo assim, ainda não temos vacinas para todos pelo SUS, testagem em massa e nem auxílio emergencial que possibilitem as pessoas realizarem o isolamento social.

As manifestações de apoio e solidariedade chegam de todo o país, e também do exterior. Elas partem de universidades, sindicatos, partidos políticos, parlamentares, associações docentes e científicas, movimentos estudantis. Para a atual presidenta da Aduferpe, Nicole Pontes, é uma demonstração de que ‘a perseguição à Aduferpe e à professora Erika é um ataque à liberdade de expressão e de organização sindical garantidas pela nossa Constituição. Portanto, uma luta de todes’.

A Aduferpe e a professora Erika Suruagy agradecem todas as manifestações de apoio e solidariedade, que ajudam no fortalecimento da luta em defesa das liberdades democráticas e da autonomia universitária

As notas de apoio e moções podem ser encaminhadas para o e-mail secretaria@aduferpe.org.br ou pelo instagram, marcando o perfil da entidade @aduferpe