Nota Campanha Contra Reforma Administrativa

Nota à Sociedade Pernambucana sobre Campanha de outdoors no Estado contra a Reforma Administrativa

Sindicatos de trabalhadoras e trabalhadores que representam dezenas de categorias dos serviços públicos, lançam nesta sexta-feira (3), uma campanha com mais de 50 outdoors contra a Reforma Administrativa (PEC 32/2020), de autoria do Governo Bolsonaro. As peças estão sendo instaladas no Recife, Região Metropolitana e várias cidades do interior. O objetivo é esclarecer a população sobre o desmonte dos serviços públicos, o fim dos concursos e o ataque aos trabalhadores nas três esferas (federal, estadual e municipal), caso essa proposta passe no Congresso.

Atualmente, a PEC 32 está tramitando na Comissão Especial da Reforma Administrativa, na Câmara dos Deputados. Nesta quarta-feira (1º/9), o relator da proposta, o deputado Arthur Maia (DEM/BA), deve apresentar o seu parecer com algumas alterações em relação ao texto original, mas mantendo a essência da reforma que visa privatizar os serviços públicos. O presidente da Comissão, deputado pernambucano Fernando Monteiro (PP/PE), pretende colocar o texto em votação o mais rápido possível.

Com os outdoors pretendemos conquistar votos contrários à matéria. Entre os deputados de Pernambuco que fazem parte da Comissão Especial, três já se posicionaram contrários à PEC: Tadeu Alencar (PSB), Milton Coelho (PSB) e Wolney Queiros (PDT). Declararam-se favoráveis os deputados Ossesio Silva (Republicanos) e Fernando Monteiro (PP). Já o deputado Sebastião Oliveira (Avante) está indeciso. É importante a população saber quem defende os serviços públicos e quem quer destruí-los deixando a população que mais precisa sem saúde, educação e assistência social.

Essa PEC é o mais profundo desmonte do serviço público do país e chega sem nenhuma discussão com a sociedade e os servidores públicos. A PEC 32 retira conquistas de décadas de luta do povo brasileiro, sobretudo daqueles que mais dependem da ação do estado para garantir sua sobrevivência.

Essa campanha de outdoors e os vários atos e mobilizações, como as que aconteceram no último dia 18 – realização da Feira dos Serviços Públicos na Praça do Diário e a caminhada pelo centro do Recife – promovidas pelas centrais sindicais e sindicatos, têm demonstrado a insatisfação do povo com a proposta do governo Bolsonaro de privatizar os serviços públicos.

Nos dirigimos à toda população pernambucana para seguirmos com a mobilização nas redes sociais com ‘chuvas’ de mensagens para os deputados, pedindo voto contrário à PEC32, e ocupando as ruas no próximo dia 07 de setembro “Grito dos Excluídos”, concentração do Ato na Praça do Derby às 10 horas, para dizer Não à Reforma Administrativa.

Não é Reforma. É o fim dos serviços públicos.

Nota à Sociedade Pernambucana