Vamos derrotar a Reforma Administrativa?

Por que devemos rejeitar a Reforma Administrativa

– Para começar, isso não é uma reforma administrativa – é mais um projeto de corte de gastos, com prejuízos para os serviços públicos e para grande parte da população que usa esses serviços.

– A proposta  deixa de fora os que recebem os maiores salários, auxílios e extras: militares, juízes e parlamentares. O corte de gastos não atinge os privilegiados, mas sacrifica a maioria dos servidores.

– Essa reforma sequer foi precedida de um diagnóstico sério, capaz identificar necessidades para melhoria da qualidade dos serviços públicos.  É repleta de lacunas e imprecisões e sua aprovação seria assinar um cheque em branco para o presidente destruir o serviço público brasileiro.

– A Reforma Administrativa, assim como o governo Bolsonaro,  é antidemocrática, antipopular e só pretende atender a interesses do mercado.

Segue o link. VOTE!
https://forms.camara.leg.br/ex/enquetes/2262083/resultado